Diante de toda a crise pandêmica provocada pelo Covid-19, misturada com a ansiedade em retomar a prática regular de atividade física (para muitos), e o desejo em iniciar a prática de atividade física para tantos outros, muita atenção vem sendo aplicada frente a utilização e importância do uso das máscaras. E essa obrigatoriedade também vem sendo solicitada junto a prática dos exercícios físicos, no entanto, pouca ou pouquíssima atenção sobre os possíveis males que isso pode causar a saúde vem sido veiculado na mídia, principalmente mídias de fácil acesso (canais abertos por exemplo). Afinal, treinar com máscara pode trazer algum malefício a saúde?

A resposta é não!

Fui entender melhor acerca do tema, afinal de contas, quem um dia se preocuparia com isso! Desconfortável para uma exigência comum, como a de caminhar por exemplo, sabemos que de fato é, e após pesquisas frente algumas fontes, me foi claramente possível concluir que o agravamento mais acentuado está sobre atividade de corrida. Pois é meus caros colegas corredores, vocês estão sobre os principais afetados. Aos praticantes assim como eu de esportes como tênis e de futebol, também teremos dificuldades.

É importante dizer que não me refiro a algo tão grave como risco de vida, falta de ar ou ataque cardíaco. Não é para tanto, isso é uma grande inverdade. Talvez você se depare ou já até se deparou com nota desse tipo, me parece extremo demais escrever algo assim. Não, fiquem seguros pois o principal agravante está sobre a performance.

O Mestre e Doutor em Fisiologia do Exercício, Turibio Barros (atuou por anos como fisiologista do São Paulo F.C. e Seleção Brasileira de Futebol), diz que “ao se dificultar a respiração o indivíduo irá diminuir a intensidade do treino, prejudicando assim os efeitos do próprio treinamento.”
Fonte:
globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/mascara-de-simulacao-de-altitude-realmente-potencializa-efeitos-do-treino.ghtml

Por mais óbvio que isso possa parecer, quanto maior a intensidade do exercício praticado, maior será a necessidade de oxigenação (entrada e saída de ar nos pulmões), que ocorre por meio da respiração, fortemente se fazendo necessária a consciência do inspirar e expirar. Uma vez que eu tenho algo que dificulta esta prática (no caso aqui, uma máscara), logo meu desempenho é prejudicado.

Essa preocupação com desempenho é bem menos sentida em atividades como Massagem, Pilates, Treinamento Funcional, Musculação e Escalada, por exemplo. Atividades como futebol, tênis, basquete, voley e corrida são bem mais delicadas.

Então, como mensagem final, concluo dizendo a você que, qualquer atividade com uso de máscara está liberada, cabe a você decidir qual é a mais confortável neste momento. Reforço ainda que, pior que treinar com máscara é não treinar!

Abaixo, deixo mais duas fontes com abordagens mais técnicas e detalhadas a quem possa interessar.

Fonte:
www.agazeta.com.br/revista-ag/comportamento/coronavirus-mesmo-de-mascara-exercicio-ao-ar-livre-deve-ser-evitado-0420

Fonte:
magg.sapo.pt/saude/artigos/e-perigoso-fazer-exercicio-fisico-com-mascara-como-vamos-retomar-aos-ginasios-respondemos-a-tudo

Obrigado e até a próxima,
Juan Croce

Deixe uma resposta