O Pilates tem como principal foco trabalhar o corpo de uma maneira mais democrática, atingindo todas as idades. Essa modalidade pode ajudar tanto a parte aeróbica quanto muscular. Apesar de ser bem conhecido, o que muitas pessoas não sabem é que existem diferentes tipos de pilates, cada um atende a determinados objetivos. Veja abaixo quais são os tipos de pilates.

CLÁSSICO

Método originalmente criado por Joseph Pilates, inicialmente chamado de Contrologia, surgiu através de um conjunto de técnicas de respiração e movimentos derivados de outras atividades como ginástica, yoga e artes marciais. Sua aplicabilidade consiste em dividir o repertório de acordo com o nível do praticante, ou seja, em iniciante, intermediário e avançado. A sequência dos movimentos é pré-determinada, os exercícios passados e os aparelhos utilizados como Cadillac, Barrel, Reformer e Chair, são os mesmos criados por Joseph, respeitando os princípios que ele criou como concentração, centralização, fluidez, respiração, precisão e controle.

CONTEMPORÂNEO

O Pilates contemporâneo é mais flexível, ele não se limita a movimentos e sequências pré-determinadas, nele é possível elaborar novos repertórios e utilizar diversos acessórios, como bola suíça, overball, bosu, entre outros, que no Pilates clássico não é permitido. Além do mais, no contemporâneo não se faz o uso de séries e repetições fixas e o instrutor é livre para criar seu próprio repertório em cima do método originalmente criado por Joseph. Embora seja um método mais livre de criação e possibilidades, ele segue os princípios que norteiam o Pilates clássico.

FUNCIONAL

O Pilates funcional é uma das variações advindas do contemporâneo, nele é enfatizado as capacidades físicas inerentes ao corpo humano e que são utilizadas no dia a dia, como equilíbrio, velocidade, flexibilidade, potência e agilidade. Pode-se ser realizado com pesos livres ou com equipamentos e acessórios que visem o trabalho de resistência e que simulem as atividades cotidianas do praticamente. Dentre os diversos benefícios que são gerados, podemos citar um melhor condicionamento físico aeróbio, um aumento do gasto energético e uma propriocepção mais aguçada.

AÉREO

O Pilates aéreo é uma mistura dos princípios do Pilates, circo, balé e da yoga, que visa alinhar e atingir as musculaturas mais profundas do corpo. Pode-se ser realizado com Liras ou tecidos envolvendo o corpo, chamados de columpio,podendo ter todo o corpo suspenso ou com alguma parte apoiada ao solo, dependendo do nível de condicionamento de quem os executa.   A instabilidade do tecido e da Lira, exige um maior controle corporal e mais equilíbrio do praticante, fazendo com que ele trabalhe a concentração e a coordenação a todo momento.

NEOPILATES

Criado no Brasil, o Neopilates mescla os conceitos do treinamento funcional, as atividades circenses e lúdicas, com os princípios do Pilates clássico. Os exercícios são realizados, em maior parte, em bases instáveis e focados em movimentos mais lúdicos. Os equipamentos utilizados são bem diferentes dos originais e são mais voltados para os trabalhos proprioceptivos, como a Lyra do circo, os tecidos, o slackline, entre outros. Alguns do benefício advindo dessa modalidade são a Flexibilidade, Consciência corporal, força muscular, propriocepção e agilidade para realizar as atividades do dia a dia, além de ser uma modalidade mais desafiadoras estimulando o praticando a vencer seus limites elevando sua autoestima e autoconfiança.

Por, Karine Santos