porque é tão dificil mudar hábitos?
Primeiramente vamos entender o significado de hábito: comportamento que se aprende e se repete frequentemente.
Direcionando o hábito para o âmbito alimentar, podemos começar compreendendo que o comportamento alimentar se inicia quando nascemos, consumindo o leite materno, sendo o primeiro alimento de “verdade” que a criança tem contato e é um momento muito especial rodeado de afeto e cuidado.
Geralmente, após os 6 meses de idade, inicia-se a introdução alimentar. É nesse momento que a criança começa a desenvolver a sua relação com a comida, que será conduzida e extremamente influenciada por todos que participam do cuidado da criança, seja a mãe, o pai, o(a) parceiro(a), os irmãos, os avôs, os tios, a babá e os professores que morem ou não com a criança. Vale ressaltar que nem sempre a condução desenvolvida por essas pessoas serão exemplares e satisfatórias para a formação de hábitos alimentares saudáveis.
Faz-se necessário ressaltar que as tradições regionais, religiosas, da comunidade e/ou étnica, além da condição socioeconômica que moldam o ambiente em que a criança vive e que também trará interferências nas escolhas e preferências alimentares.
Essas informações levam a crer que os nossos hábitos alimentares são desenvolvidos e enraizados na infância, repletos de crenças e afetos, complementados com novas experiências na adolescência e praticados inconscientemente na vida adulta.
Nossos hábitos alimentares e de vidas são complexos, podendo ser bons ou ruins. Eles são parte da nossa história, da bagagem que fomos construindo e carregando há anos. Não acredito que seja possível passar uma borracha nessa história para iniciar outra, ou que a estratégia mais bem-sucedida seja o radicalismo.
Por isso o comportamento que teimamos em ter de 8 ou 80, tudo ou nada, na verdade não tem relação à alimentação, em dietas da moda e em resultados verdadeiramente benéficos com horas e horas de treino.
Acredito que seja possível se reeducar positivamente nas diversas áreas das nossas vidas, seja melhorando a sua relação com o seu corpo, com a sua alimentação, com a sua família, com o(a) parceiro(a), com os amigos e com a sua carreira profissional.
Para adquirir novos hábitos alimentares, precisamos de disciplina, além de trazer um novo significado para as nossas crenças e comportamentos aprendidos ao longo da vida.

Deixe uma resposta